Blog

15-Ago-2018 15:16 - Atualizado em 17/09/2018 15:21
Treinos

Quer correr? Tire dúvidas e comece o treino já no início do semestre

Especialista responde perguntas mais frequentes dos corredores iniciantes

2018, imprensa,
Treino
Por Gustavo Luz

O segundo semestre vai começar e você pode fazer disso um ponto de partida para começar a treinar. Entretanto, é importante que você escolha uma atividade que te dê prazer e comece praticando aos poucos. Geralmente, mudanças muito radicais duram pouco. Escolhemos algumas perguntas frequentes dos corredores iniciantes e as respondemos de forma clara e objetiva.

Treinar com dor é normal?

Não, treinar com dor é um sinal de algo errado, de que o organismo está sofrendo. A tendência é o contrário, o treino deve ficar cada vez mais fácil à medida que o seu condicionamento melhora. Por isso, não faz sentido continuar sentindo dores, somente os incômodos pós-treino, como cansaço e musculatura dolorida.

Preciso me pesar toda hora?

Tire o foco disso, não avalie a sua evolução baseado apenas nos ponteiros da balança. Massa muscular pesa mais que gordura, e muitas vezes a pessoa emagrece, mas mantém o mesmo peso. Nesse caso, o resultado pode ser visto nas roupas, que começam a ficar mais largas.

Quero a barriga sequinha, preciso fazer muitos abdominais?
 
Um dos maiores mitos quando se fala em perder a barriga é o de que fazer abdominal é a solução definitiva do problema. A reeducação alimentar é o primeiro e mais importante passo desse processo. Os músculos estão ali, mas eles vão aparecendo a medida que a gordura abdominal vai sendo eliminada. Não adianta fazer duzentos abdominais por dia e continuar comendo mal.

Por que envelhecemos?
 
Nossa vida é sustentada a partir da renovação e da reprodução celular, e esse processo é finito. Quando a célula perde a capacidade de renovação, ela envelhece e morre. A morte celular acarreta prejuízo das funções dos tecidos, o que conhecemos como envelhecimento. Nosso corpo, ao longo dos anos, passa a ser mais suscetível a doenças e a se recuperar com menos eficiência. Maus hábitos alimentares, de exposição solar ou de atividade física tendem a acelerar esse processo.

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com.

Eu Atleta | Globo Esporte
Deixe seu Recado